FRACASSEI NA PRIMEIRA TENTATIVA, MAS NÃO DESISTI
 

Há um ano, lancei uma campanha para arrecadar fundos com o intuito de lançar o meu quarto livro, “Borboleta Negra”. Não consegui nem 20% do necessário. A derrota foi avassaladora! Fiquei muito triste e desanimada, principalmente pela história que envolve a construção do enredo.

 

Eu iniciei em Portugal, no ano de 2009. Sim, há dez anos! Meu marido tinha o sonho de fazer mestrado em Portugal. Moramos lá por quase dois anos. Eu, também, aproveitei o tempo para estudar.

Durante esse período, surgiu a ideia do livro. Comecei a escrever, sem pretensão, apenas seguindo minha inspiração. Ele foi tomando forma. Devido às pesquisas que tive que fazer para o mestrado, à quantidade de livros que tive que ler e assuntos para me aprofundar, parei o projeto do livro e me dediquei aos estudos.

 

Voltamos para o Brasil e continuei a escrever o livro, mas outras histórias apareceram e outros livros foram lançados: “Welcome To My Heart”, “Sexo Gostoso” e “A Pequena Sophie”. Portanto, o meu quarto livro, na verdade, é o primeiro que comecei a escrever. Confuso, mas correto!

 

Em 2017, tomei a decisão de que terminaria o livro. Estipulei uma rotina diária: sete vezes por semana, das 6h30 às 11h30, eu escreveria o livro. Vários meses foram consumidos, mas terminei! Porém, não consegui lançar, pois não tive o apoio financeiro de que precisava.

 

Eu poderia enviar o livro para alguma editora, mas não queria. Prefiro lançar os meus livros de forma independente.

 

A dor maior era quando aparecia, na timeline do Facebook, minhas lembranças referentes ao livro. Vivenciar a derrota não é fácil. Ficar relembrando é mil vezes pior...

 

Ao invés de deixar o sentimento de fracasso e tristeza me vencerem, eu resolvi que pegaria as rédeas e encontraria uma forma de lançá-lo sem investimento. Afinal, ♪”eu sou apenas uma escritora sem dinheiro no bolso, sem parentes importantes e vivendo no interior”♪ (moro em uma chácara - rsrsrsrsrs).

 

Comecei a pesquisar as plataformas online para publicação de livros. Gostei do sistema oferecido pelo Clube dos Autores, e meu livro – “Borboleta Negra” - está sendo lançado hoje, 27 de novembro de 2019, por essa plataforma.

 

A impressão que tenho é que o mundo está passando por um grande processo de transformação. Os problemas não se encontram apenas no Brasil. É geral. A crise afetou pessoas ao redor do mundo. A maioria está em uma luta diária pela sobrevivência (pagar contas, cuidar dos filhos, dedicar-se aos estudos, trabalho, etc.)

 

Andando em corda bamba, muitas vezes deixamos nossos objetivos de lado e optamos pelo caminho plano, apenas para tentar sair do sufoco. Eu sou o exemplo vivo disso. Tive que me reinventar, mas a lição que tiro é: jamais desistir das metas almejadas. Se precisamos mudar o trajeto, temos que levar na bagagem os nossos sonhos, os nossos objetivos e dar um jeito de colocá-los na reta!

 

Eu venci a minha tristeza e derrotei a sensação de fracasso. E, como gosto de viver perigosamente, já iniciei o quinto livro!

Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro