SEU AMOR É TUDO QUE PEÇO

Minha vida na sua refletida

Caminhos de derrotas e sucessos

Minha dor em seus braços acolhida

Amar-te por toda a vida é o que peço

Nas linhas e entrelinhas da nossa história

O amor derrama-se e alicerça-se

Por esse sentimento a vida se faz em glória

E se há lágrimas, por seu sorriso elas secam

 Minha alma ao acolher-te é reluzente

Posso sentir-te, ainda que distante

O perfume do seu amor no meu corpo, inebriante!

Os anos passam e esse amor tão consistente

Deixa-me ser quem sou, sua mulher, amiga e amante

Às vezes terna e outras totalmente delinquente

 

Amo-te! E o seu amor é tudo que peço...

 

Poema dedicado ao meu marido, José Augusto das Graças. Hoje, 16/10/2014, faz 22 anos que nosso olhar se cruzou pela primeira vez! 

Copyright © 2014 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro